CONFUSÃO

Tumulto
Mesmo com confusão que deixou três presos, ruas do Leblon não serão interditadas no segundo jogo do Brasil na Copa

Ediane Merola -
O GloboG1Informações e fotos dos leitores Luisa Nolasco e Vitor Canellas

RIO - Representantes da prefeitura e da Polícia Militar estão reunidos na sede do 23º BPM (Leblon) para elaborar as estratégias que serão adotadas no domingo, dia do segundo jogo do Brasil na Copa. De acordo com o Leonardo Spritzer, da 6ª Região Administrativa, já está decidido que nenhuma rua do Leblon será interditada.
Na noite desta terça-feira, houve confusão durante as comemorações na Rua Carlos Gois, próximo ao Bar Clipper. Torcedores impediram a passagem de carros e um PM, que tentou liberar a via, foi atingido por uma garrafada na cabeça. Ele levou quatro pontos na testa. Um outro policial sofreu escoriações e três pessoas acabaram detidas.
Segundo o 23º BPM, muitos torcedores apresentaram sinais de embriaguez e não respeitaram a ordem policial para reabertura a rua, que ficou interditada por mais de uma hora. Os PMs usaram spray de pimenta para dispersar o tumulto. Três homens foram detidos e levados para a 14ª DP (Leblon), onde o caso foi registrado.
O leitor Vitor Canellas se queixou da atuação da polícia:
- O que se viu após o jogo nas ruas do Leblon foi um resumo do que já se esperava. Os policiais receberam à base do cacete e spray de pimenta os torcedores como se fossem animais ou estivessem a ponto de atacá-los. O ardor nos olhos e na face eram insuportáveis, fora o fato das pancadas desnecessárias na torcida. O despreparo da Polícia Militar era visível, visto em episódios recentes como a final do Brasileiro de 2009. Deixo aqui a minha indignação e revolta com o fato. Nós fomos tratados como bichos, escutamos xingamentos e sofremos as mais diversas repreensões vindas de uma organização que deveria nos defender. Nós não pagamos impostos para ter uma polícia que só sabe resolver as coisas na base da briga. Confusão também em Ipanema
Em outro ponto da Zona Sul do Rio, em Ipanema, policiais militares foram acionados para controlar um tumulto de torcedores na esquina das ruas Farme de Amoedo e Visconde de Pirajá. Ninguém foi preso em Ipanema.

Nenhum comentário: