RESPOSTAS AO RACUNHO DA CARTA

----------------------------------

não tenho reparos. só esperar que o prefeito nos ouça e mantermos o alerta constante na preservação do nosso espaço. todo mundo quer tudo SÓ em Ipanema e no Leblom. O problema é quem paga, somos nós.conte comigoeliane mattos

----------------------------------

Mais uma vez, me orgulho de ter como meu porta voz, uma instituição que me representa a altura de minhas posições e tenha as mesmas pretenções. Sou morador da Prudente de Morais e não acreditei qnd ví, de um dia para o outro, o tal chaveiro. Pq aquilo está ali? Ninguém consultou os moradores..... Obrigado por existirem e serem tão competentes. Mais uma vez, ponho a disposição, qlq ítem que seja necessário ao PSI, nos quais eu disponha: microfones, pedestal, cabo ou qlq outro equipamento de áudio. Atenciosamente.Ivan Mariz
------------------------------------
Olá Ignez,

Se vc ainda não enviou a carta , estou anexando uma com algumas alterações,
na minha opinião, sem prejudicar o conteúdo e sem que pareça arrogância dos moradores de Ipanema como normalmente na mídia procuram fazê-lo.
Fiz uma formatação para enfatizar os pontos abordados.
Espero ter contribuído.
Bjos
Regina S.
----------------------------------

Achei muito boa a idéia de informar nosso prefeito Eduardo Paes quanto aos problemas locais de Ipanema.
Sugestões muito precisas e dentro da realidade em que vivemos.
Ignez, não me preocupei em olhar a escrita e sim o conteúdo. Muito bom.
Será, que sem abaixo assinado ele vai nos ouvir?
Ir. Lurdes Stefanello


----------------------------------
Oi Ignez,

Li a sua carta. Bem escrita, como sempre, e na minha opinião, todas as reivindicações procedem.

Só me pergunto se o fato de levarmos todas de uma vez só não enfraquece cada uma, sabe como?

Minha sugestão seria priorizar as questões e começar com uma só.

Os problemas da rua Vinicius de Moraes seriam um excelente tema para uma primeira

abordagem. Ou então a feira da Praça da Paz dos alimentos sem agrotóxicos, por ser algo que começou agora.

Acho que colocar essas questões junto com a feira hippie atrapalha e fica menos eficaz.

Não estou com tempo para poder ajudar mais do que isto. Estou escrevendo o boletim lá da Casa do Pequeno Jornaleiro e em véspera de viagem.

Mas ficam estas observações.

Bjs!

-------------------------------------

Com relação à carta que a Sra. Ignez pretende enviar ao prefeito gostaria de fazer algumas colocações.O documento contém a seguinte frase: "Diante de tal fato, nós moradores de Ipanema profundamente incomodados com a desordem descontrolada a que somos submetidos todos os Domingos pedimos que a feira seja transferida [...]"Sempre participei das atividades do PSI desde os primórdios, porém, a frase "nós moradores" fez com que eu tomasse, nesse exato momento em que lhe escrevo, a decisão de não apoiar, nem divulgar, nem participar de mais nenhuma questão a nome do PSI.O PSI está se tornando um movimento monárquico, onde a opinião, as idéias, de alguns são colocadas como se fossem a vontade da maioria.O que era pra ser uma representação da sociedade civil, não passa de um bode espiatório para que os líderes desse grupo (Sra. Ignez e Sra. Roselene in primis) imponham suas idéias sem discussão.
FAÇAM UMA PESQUISA NAS RUAS, AO INVÉS DE DISCUTIR ISSO NAS REUNIOES ONDE ESTÃO PRESENTES SEMPRE A MESMA MEIA DUZIA DE PESSOAS.
PERGUNTEM NAS RUAS DO NOSSO BAIRRO, À POPULAÇÃO DE IPANEMA, SE ELES REALMENTE QUEREM RETIRAR A FEIRA HIPPIE DE LÁ!
PERGUNTEM A ELES, NAS RUAS, SE AQUILO PRA ELES É UM "CAMELODROMO" COMO VOCÊS ESCREVERAM.
PERGUNTEM PARA ELES SE É UM TRANSTORNO.
Sabem porque vocês não fazem isso?
Porque vocês só querem saber da opinião do vosso grupo de amigos?
Porque vocês têm medo do díálogo, de ouvir a outra parte da história, de ouvir a maioria.
VOCÊS TEM MEDO DO DIÁLOGO DEMOCRÁTICO.VOCÊS NÃO PODEM SE DAR AO LUXO DE AFIRMAR QUE "FALAM PELA POPULAÇÃO DO BAIRRO
"Estou envergonhado de ter partipado ativamente para ajudar um grupo que hoje se tornou o que é.
Se algum de vocês teve coragem de ler até o final a presente mensagem de repúdio, espero que tal situação, e o meu recado, seja discutiro o quanto antes na próxima reunião.
VÃO APURAR OS FATOS!OUÇAM A POPULAÇÃO DO BAIRRO!
A MAIORIA NEM SABE QUE O PSI EXISTE, COMO VOCÊS QUEREM FALAR NO NOME DESSA POPULAÇÃO!
Dr. João Reis Pinheirojoaoreispinheiro@gmail.com

Nenhum comentário: