JARDIM DE ALAH





Presépios atraem olhares de cariocas e visitantes do Rio
No Jardim de Alah, mostra com cenários do nascimento do Menino Jesus foi visitada por centenas de pessoas no domingo de sol
POR DIEGO BARRETO

Rio - A Sagrada Família composta por feirantes e sambistas, moldada em barro, jornal ou latão. A variedade encantadora dos cenários do segundo Festival de Presépios do Rio, inaugurado na sexta feira, já desponta novo ‘point’ natalino carioca: o Jardim de Alah.

.
Crianças e adultos se encantam com os cenários no Jardim de Alah Foto: Paulo Araújo / Agência O Dia
No domingo de céu azul e sol, o parque — onde estão instalados 15 dos 30 presépios montados este ano — rivalizou com as vizinhas praias de Ipanema e do Leblon como destino para o passeio de centenas de famílias e turistas.

O analista de sistemas Anderson Silva, 39 e os filhos Nicolas, 7, e Erick, 5, elegeram a obra ‘Fulgência’, como um dos mais bonitos presépios expostos no local. “A mostra ficou muito interessante. A iniciativa é bacana porque eles aproveitaram a área do Jardim de Alah, um espaço geralmente com poucas atividades culturais. Ficou muito bonito”, elogiou Anderson. E com com desenvoltura de ‘gente grande’ o pequeno Nicolas destacou: “Eles aproveitaram diferentes materiais para fazer as esculturas. Gostei muito”.

A atendente Patricia Santos, 22, desviou o passeio pela orla para fotografar a obra “Divino”, da artista plástica Dilma Carvalho. “As imagens são lindas, emocionam. O Natal tem essa magia, junto com a paisagem do Rio torna-se imbatível”, afirmou a jovem.

Entre os presépios que mais chamam a atenção do público estão ‘A imprensa da esperança’, confeccionado em jornal, e ‘Neste Natal que Ele nasça em todos os Lares!’, onde Maria, José e o menino Jesus são representados por figuras de sambistas do Morro da Mangueira.

“Tiramos o dia para visitar os presépios. Ficou lindo, valeu o passeio", contou Lilian Gama, 31, moradora de Irajá enquanto clicava o entusiasmo da pequena Gabriela, 3, diante de esculturas como as que formavam a ‘Vila de Papai Noel’, com direito a casa do Bom Velhinho, trenó e fabrica de brinquedos.

“Vou aproveitar para visitar os presépios e a árvore da Lagoa que é perto” anunciava Cláudia Botelho, 43, moradora de Vicente de Carvalho, já integrada ao espírito natalino.

Mostra de presépios pode ser vista até o dia 6 de janeiro

O Festival de Presépios segue até o dia 06 de janeiro. Além do Jardim de Alah, as obras estão expostas nos seguintes endereços:

IPANEMA: Av. Vieira Souto, altura do Jardim de Alah

LAGOA: Corte do Cantagalo, canteiro à direita da pista sentido Copacabana

BARRA DA TIJUCA: Av. Ayrton Sena, canteiro central, entre a Vivo e o Casa Shopping.

LAGOA: Corte do Cantagalo, canteiro à direita da pista sentido Copacabana

FLAMENGO: Aterro do Flamengo, canteiro central, altura do Mon. Pracinhas, próximo da passarela

BOTAFOGO: Comunidade - Rua São Clemente, Comunidade Santa Marta, Praça Corumbá

CAMPINHO: Comunidade - Rua Comendador Pinto numero 2, Centro Esportivo Armindo da Fonseca, Mitra Arquiepiscopal

A visitação é gratuita e ainda é possível eleger o presépio mais bonito. Informações no site www.festivaldepresepios.com.br.

Árvore: Um símbolo de 15 anos

Inaugurada no sábado, a 15ª Árvore de Natal da Lagoa também atraiu centenas de pessoas ontem. O símbolo maior do Natal no Rio também pode ser visto até o dia 6 de janeiro. Para apreciar a árvore, que este ano tem como tema os reencontros, os horários são os seguintes: de domingo a quinta, das 19h30 às 2h, e às sextas e sábados, das 19h30 às 3h.

.

Nenhum comentário: