BLOCOS NA RUA

Associação Folia Carioca defende a manutenção de blocos identificados com bairros na Zona Sul
O Globo Tamanho do texto A A A RIO - A Associação Carioca de Blocos e Bandas, Folia Carioca, divulgou uma nota em resposta à decisão da prefeitura de reduzir em 50% o público dos blocos na Zonal Sul e limitar as autorizações de desfile de novos blocos no carnaval do ano que vem. As medidas foram anunciadas, nesta segunda-feira, pelo secretário municipal de Turismo e presidente da Riotur, Antônio Pedro Figueira de Mello.

A Folia Carioca defende a manutenção de blocos que sejam formados por moradores e frequentadores dos bairros onde desfilam. A nota cita blocos como: Volta, Alice (Laranjeiras), Empolga às 9 e Bafafá (Ipanema) e Areia (Leblon).

"Ao avaliar e decidir quais blocos serão transferidos para o Centro da cidade, a prefeitura precisa levar em conta a história de cada bloco e sua identidade com os bairros onde desfilam."

Para a Folia Carioca, que representa 17 blocos e duas bandas de rua, a transferência de tais agremiações descaracterizaria a proposta original.

"Fazemos um apelo à prefeitura para que não tome decisões precipitadas. Acreditamos no espírito democrático da prefeitura de não cometer injustiças com agremiações amplamente identificadas com os bairros onde desfilam

Nenhum comentário: