BRIGA EM IPANEMA

Briga em Ipanema gera tumulto

Bruno Rohde Tamanho do texto A A A Uma briga entre jovens na Rua Visconde de Pirajá, nas proximidades da Rua Aníbal de Mendonça, em Ipanema, assustou quem passava pelo local, na noite deste sábado. A confusão ocorreu entre dois grupos de jovens que seriam rivais. Com barras de ferro, parte desses jovens atacou os demais. Em seguida, alguns fugiram e se refugiaram dentro da Livraria da Travessa. O estabelecimento precisou ser fechado. Policiais do 23º BPM (Leblon) foram para o local.

Um comentário:

Anônimo disse...

Detalhe tudo. A história é assim.
Os jovens da z.s estavam provocando os jovens da barra e chegando a agredir os que se encontravam em pequenos grupos no carnaval. Então na quarta feira de cinzas um grupo de jovens da barra se reuniu na praia posto 10 para segundo eles fazer vingança e andaram ate encontrar um grupo grande da z.s que desprevenido, surpreendido acabou apanhando muito, inclusive inocentes. Os jovens da barra só foram embora apos aglomerar uma enorme quantidadade de pessoas ao seu redor transtornadas com o que se passava. Correram até a Lagoa e pegaram um 382 Piabas.

Sabado, o conflito estava marcado, os grupos iriam novamente se encontrar e pelas redes sociais se incentivava e convocava-se mais jovens para o encontro nada amigável. Os jovens da Barra sairam com aproximadamente 50 pessoas após se reunirem em seu bairro e desceram na Niemayer devido a um engarrafamento. Foram caminhando até o Leblon onde encontraram o grupo adversario, uma briga de bondes, com jovens de aproximadamente 16-20 anos de idade aconteceu e se estendeu por dentro das ruas do luxuoso bairro da Z.S, causando panico por quem passava ou se encontrava nos estabelecimentos ao redor, portavam garrafas de bebidas, barras de ferro, madeiras e até soco inglês. Os jovens da Barra bateram um pouco nos jovens da Z.S que após se aglomerar mais um pouco, partiu organizada e gerando uma " chuva de pedras e garrafas " para cima dos jovens da Barra que correram para diversos pontos.

Um grupo correu para dentro da livraria e foi encurralado pelos jovens da Z.S, que acabaram não entrando no local. A polícia chegou e teve péssima participação no conflito. Deu ordem aos jovens da Barra para correrem aos táxis mais próximos, o que quase arremeteu a um novo choque entre os bairros.