CARNAVAL 2011

Prezado Sr. Luis Fernando Janot

Foi lamentável o teor do seu artigo publicado no jornal O Globo de sábado 19/03.

O Sr. induz seu leitor ao erro quando apresenta uma o carnaval de 2011 sob uma ótica que em absoluto corresponde á realidade dos fatos, pelo menos os ocorridos em Ipanema.

O Projeto de Segurança de Ipanema, movimento voluntário e apartidário de moradores ( conta com mais de 600 seguidores) e que foca na segurança de seu bairro, entendendo que segurança não se restringe à repressão vem protestar veementemente contra a manipulação de fatos que ocorreram exatamente de modo contrário ao que foi publicado.

Nossos voluntários trabalharam muito duro no pré, durante e pós-carnaval produzindo um trabalho muito rico de imagens e testemunhos contra os quais não há argumentos. Os links seguem abaixo para que o Sr. possa se inteirar de toda a extensão da destruição e vandalismo dos quais o bairro foi vítima.

WWW.psipanema.blogspot.com

Twitter:@psi_seguipanema

Facebook : psi Ipanema

HTTP://www.flickr.com/photos/psi ipanema/

Ficamos especialmente chocados com a maneira irônica com a qual o Sr. se refere aos moradores colocando em nossa conta sentimentos em relação à população que vem ao bairro para a festa e que só existem sob uma ótica populista e demagógica, que esperamos não seja a sua.

Ficamos surpresos, também, com o fato do Sr. propor que os moradores simplesmente passem por cima de nossa Constituição abrindo mão de direitos que nos são garantidos por ela como o de ir e vir , o da defesa do nosso patrimônio público e privado, da nossa paz tranqüilidade e ambiência. De Direitos, ninguém pode abrir mão. Eles são preciosos demais e a base de toda sociedade democrática.

O fato é que Ipanema foi tomada por uma multidão alcoolizada muito maior que a capacidade do bairro.

Já tentamos junto ao Ministério Público um TAC com a Riotur de modo a organizar melhor a festa com sugestões tais como:

-proibir a venda de bebida alcoólica pelos ambulantes. Esta venda é ilegal uma vez que bebida e produto de venda controlada e proibido para menores de 18 anos.

- transferir para outro local, talvez o Centro o desfile dos blocos.

Desta forma evitaríamos as situações, já amplamente divulgadas pelas diversas mídias, como depredação dos canteiros de restauração da vegetação original da restinga da orla, destruição de vidros de proteção dos prédios no roteiro dos desfiles, vandalismo no metrô, ação de gangues de delinqüentes, crianças e adolescentes bêbados e caídos em nossas ruas, crianças trabalhando na venda de bebidas alcoólicas, aumento de assaltos à mão armada em estabelecimentos comerciais, sujeira, mau cheiro, barulho, caos no trânsito etc.

Sabemos que o Sr, é um profissional renomado, mas acho que caiu em um equívoco lamentável quando passa ao seu leitor a descrição de uma realidade rósea e “chapa-branca” que não corresponde de modo algum aos fatos ocorridos.

Atenciosamente,

Maria Ignez Barretto - coordenadora do Projeto de Segurança de Ipanema

Nenhum comentário: