PRAIA DE IPANEMA -

Mundial de Futevôlei SulAmérica 4x4 agita as areias de Ipanema

Romário e Renato Gaúcho defenderão as equipes brasileiras.

A praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, reunirá, de 31 de março a 2 de abril, os melhores jogadores do mundo de futevôlei para a disputa da primeira edição do Mundial de Futevôlei SulAmérica 4x4. Anfitrião, o Brasil será representado por duas equipes, uma liderada pelo tetracampeão mundial Romário, a outra, pelo craque Renato Portaluppi, o Renato Gaúcho. O país lutará pelo título mundial medindo forças com as seleções da França, Espanha, Portugal, Argentina, Paraguai e Itália. A entrada para os jogos é gratuita. O SporTV transmitirá os jogos ao vivo.

Ajudar na profissionalização do esporte é um dos objetivos principais da organização. Com um formato desenvolvido pensando em entretenimento, com foco no público e nas transmissões da televisão, o Mundial de Futevôlei SulAmérica 4x4 representa uma quebra de paradigmas. "Criamos a modalidade 4x4, com quatro jogadores em cada equipe, diminuímos a altura da rede e trouxemos mais dinamismo para o jogo", diz Renato Adnet, o Dunga, diretor técnico do evento. Alan Adler, diretor da Brasil1, uma das empresas organizadoras do Mundial, completa: "Com certeza isso tornará as partidas mais emocionantes. É um modelo de campeonato para a televisão, com mais plasticidade e com belas jogadas. É a fórmula de um evento que vai surpreender o público".

Criação legitimamente brasileira, o futevôlei é democrático e um dos esportes mais praticados no verão carioca. "O futevôlei soma duas paixões populares: o futebol e a praia. Apostamos no sucesso desta combinação. O estágio atual do futevôlei caracteriza uma oportunidade de altíssima atratividade. Um esporte com uma base de milhares de praticantes em franca expansão, mas ainda na fronteira do desenvolvimento profissional", explica Marcia Casz, diretora da Maxsports.

"É um orgulho para a SulAmérica viabilizar o primeiro Mundial de Futevôlei 4X4 e dar mais visibilidade para esse esporte, que é a cara do verão e do Brasil", afirma o diretor de Marketing da companhia, Zeca Vieira. Com o patrocínio do campeonato, a seguradora reafirma sua preocupação em proporcionar e estimular atividades que beneficiem a saúde e qualidade de vida da população.

O Mundial é apenas o primeiro passo para fortalecer o esporte. A organização pretende também criar um circuito brasileiro da modalidade 4x4.

Além dos craques brasileiros, o público que for à arena de Ipanema poderá rever o futebol de atletas que se destacaram por suas seleções, como o francês Papin, o paraguaio Romerito, ex-craque do Fluminense, e os portugueses Hernani e Madjer, campeões mundiais de Beach Soccer de 2001. O tetracampeão mundial Aldair jogará pela equipe da Itália.

Na fase classificatória, nos dias 31 de março e 1° de abril, as partidas serão disputadas por tempo - 30 minutos. As semifinais e a final, no dia 2 de abril (sábado), serão jogadas em melhor de três sets de 25 pontos cada.

O Mundial de Futevôlei SulAmérica 4x4 tem patrocínio da SulAmérica e da Redecard, com apoio da Gatorade e da HD. A realização é da Brasil1, da MaxSports e da Confederação Brasileira de Futevôlei (CBFv). O evento é chancelado pela Federação Internacional de Futevôlei (FIFv).

História do esporte- Líder do ranking mundial do esporte, o Brasil é o berço do futevôlei, que começou a ser praticado nas praias do Rio na década de 1960 e foi inicialmente batizado "pévolei". Grandes jogadores de futebol profissional, como os tricampeões mundiais Jairzinho e Fontana e o atacante argentino Doval estão entre os primeiros craques a experimentar a nova modalidade.

As primeiras associações e federações estaduais de futevôlei foram criadas na década de 1990. Em 1998, surgiu, em Goiânia, a Confederação Brasileira de Futevôlei (CBFv), que organizou os primeiros campeonatos nacionais oficiais, em que se destacaram jogadores como Renan, Helinho, Dico e Guigui, entre outros.

A partir de 2002, a entidade promove, anualmente, o Circuito Brasileiro masculino principal. O ano de 2002 também marcou a fundação da Federação Internacional de Futevôlei (FIFv). No ano seguinte, foi disputado o primeiro Mundial da modalidade, em Atenas, Grécia, com a participação de 18 duplas de 14 países. Helinho e Magrão trouxeram o primeiro título mundial para o Brasil. Em 2004, o país sediou seu primeiro Mundial, jogado em Brasília, e vencido pela dupla Belo/Marcelinho.

As mulheres começaram a ganhar espaço em 2006, quando a CBFv oficializou o primeiro Campeonato Brasileiro na categoria feminina, em Goiânia. As campeãs foram Marcinha/Lana. No mesmo ano, teve lugar o primeiro campeonato nacional de categorias de base (sub-17), vencido por Cicinho/Wilsinho.

O I Circuito Mundial Masculino de Futevôlei foi jogado em 2007. Dali em diante, os brasileiros vêm mantendo a hegemonia na modalidade.

Perfil-A SulAmérica Seguros e Previdência é um dos maiores conglomerados empresariais brasileiros, com 115 anos de história, atuando nos segmentos de seguros, previdência e investimentos. A seguradora investe constantemente em ações que proporcionem qualidade de vida e bem estar da população. No Rio de Janeiro, a companhia investe na instalação e revitalização de bicicletários e na realização de eventos esportivos. Além disso, também patrocina a Rádio SulAmérica Paradiso, que leva informação, prestação de serviços e boa música aos cariocas todos os dias.

.[Programação: 31/03 (quinta-feira) das 16h às 22h - fase de classificação 01/04 (sexta-feira) das 16h às 22h - fase de classificação 02/04 (sábado) das 16h às 22h - semifinal e final].

Nenhum comentário: