METRÔ

COI recebe manifesto que pede mudanças no traçado da Linha 4 do metrô


Luiz Ernesto Magalhães


RIO - A delegação do Comitê Olímpico Internacional em visita ao Rio recebeu nesta sexta-feira um manifesto do movimento Metrô Linha 4 que o Rio Precisa, com as assinaturas de representantes de 18 associações de moradores e ONGs contrários à proposta do governo do estado de fazer uma ligação direta entre a Barra e as estações da Linha 1 já existentes .

O documento foi entregue pela vereadora Andrea Gouvêa Vieira (PSDB) no fim de uma entrevista coletiva, no Palácio da Cidade, em Botafogo. A chegada de Andrea constrangeu os membros do COI, o presidente do comitê organizador da Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, e o prefeito, Eduardo Paes, que encerrou abruptamente a entrevista ao vê-la na sala.

Andrea entregou o documento à presidente da comissão de coordenação das Olimpíadas 2016, Nawal El Moutawaqel. O manifesto estava assinado por reprensentantes de associações de moradores do Jardim Botânico, Leblon, Botafogo, Alto Gávea e Urca, entre outros. O grupo defende a implantação do traçado alternativo da Linha 4, independente da Linha 1, que passaria pelo Jardim Botânico, Humaitá, Laranjeiras até o Centro.

"O que é pior é que as soluções são apresentadas como se fossem exigências do COI, levando, automaticamente, à ideia de que se o governo não faz o que deveria, é por responsabilidade do cronograma dos Jogos", diz um trecho do documento, confeccionado em versões em português, inglês e francês.

Andrea teve um rápido diálogo com o coordenador dos Jogos Olímpicos, Gilberti Felli, que teria dito que essa é uma questão que tem que ser discutida com os governos.

Ao fim do encontro, Andrea reagiu reafirmando que o traçado que o governo do estado propôs não é o que a população deseja.

- Se nós estamos fazendo metrô para atender às necessidades de 20 dias dos Jogos Olímpicos, o melhor é fechar a cidade e decretar feriado. Essa é uma obra que vai deixar um elefante branco. Se queremos deixar um legado, essa é uma situação reversível - disse a vereadora.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Felipe Gois, rebateu:

- O projeto atual apresentado ao COI deixou o comitê satisfeito e atende às necessidades do evento.

A entrevista coletiva tinha sido convocada para lançar o portal Cidade Olímpica, que entrou no ar nesta sexta-feira nos endereços www.cidadeolimpica.rj.gov.br e www.cidadeolimpica.com. Inspirado na versão de Londres, mas com novidades, como depoimentos da população sobre os benefícios que as obras trarão, o site mostra o andamento de projetos como a Transoeste, a Transcarioca e o Porto Maravilha. Imagens captadas por câmeras mostram a evolução das obra ao longo do tempo.

Nenhum comentário: