VAI FICAR POR ISSO MESMO !


Sem licença, bar instala deck e grades em calçada de Ipanema

Local já foi multado, mas diz que negocia regularização com a prefeitura


Com espaço reduzido, pedestres têm de se espremer para passar em frente ao estabelecimento
Foto: Foto do leitor Luiz André Reis / Eu-Repórter
Com espaço reduzido, pedestres têm de se espremer para passar em frente ao estabelecimentoFOTO DO LEITOR LUIZ ANDRÉ REIS / EU-REPÓRTER
RIO - O caminho é estreito para os pedestres em frente ao Barzin, na Rua Vinicius de Moraes, em Ipanema, como mostra o leitor Luiz André Reis. Com um deck e grades, o estabelecimento avançou sobre o passeio e feriu a legislação, que prevê espaço mínimo de um metro e meio para a circulação de pedestres na calçada. A Secretaria municipal de Ordem Pública (Seop) afirma que as estruturas são ilegais e promete autuar o bar, que já foi multado outras vezes pela mesma irregularidade.
“É um absurdo! Fica impossível passar por ali durante a noite. Além de terem roubado o espaço público, os clientes ocupam o pouco que restou para passar”, reclama o leitor.
De acordo com a Seop, o Barzin já foi autuado mais de uma vez por colocar o deck e as grades sobre a calçada. O estabelecimento tem autorização para utilizar mesas e cadeiras fora de sua área interna, mas a permissão não se estende à plataforma de madeira e às grades sobre o passeio. Uma equipe da Seop deve visitar o local nos próximos dias para verificar se o bar põe mais mesas e cadeiras na calçada do que o permitido.
Ulisses Lima, gerente do Barzin, diz que um processo pedindo a regularização do deck já foi aberto junto à prefeitura. Segundo ele, a instalação da estrutura já foi pré-aprovada, e o resultado final do pedido deve sair até a próxima terça-feira. Ele confirma, no entanto, que as grades não têm autorização.
- O espaço dos pedestres é respeitado. As grades são removíveis e só estão ali para proteção - diz.
A Seop diz que esse tipo de deck sobre a calçada pode ser regularizado, mas não soube informar com quem estava o processo de regularização movido pelo ‘Barzin’. As grades, por sua vez, não podem ser liberadas.
Na última semana, uma reportagem mostrava outro bar tomando a calçada e obstruindo a passagem dos pedestres. O Bar du Bom, no Polo Gatronômico da Tijuca, colocou mesas e cadeiras sobre o passeio sem autorização da prefeitura.


Nenhum comentário: