ACIDENTE


Acidente entre moto e táxi deixa um jovem morto em Ipanema

Taxista diz que vítima estava em alta velocidade




Motociclista morre na colisão com um táxi em Ipanema
Foto: Carlos Ivan / O Globo
Motociclista morre na colisão com um táxi em IpanemaCARLOS IVAN / O GLOBO
RIO - Um acidente entre um táxi e uma moto na Avenida Vieira Souto, sentido Copacabana, na altura da Rua Farme de Amoedo, deixou uma pessoa morta na madrugada deste domingo. Rafael Vilar, de 20 anos, que pilotava uma Yamaha 600, placa KVR-3372, morreu no local. Segundo o taxista Elenildo Gomes Barbosa, de 41, o acidente ocorreu no momento que ele cruzava a pista dirigindo o táxi Santana, placa HGS-2715, sentido Leblon para Copacabana. Ainda de acordo com o motorista, o rapaz estava em alta velocidade quando colidiu contra o táxi. O lado dianteiro da carona do carro ficou destruído.
— Passei quando o sinal do cruzamento estava verde. O rapaz veio em alta velocidade com a moto. Só senti o impacto da batida no carro. Estava embarcado com um casal de passageiros, mas ninguém ficou ferido. Já tinha passado por aquele cruzamento pelo menos três vezes antes do acidente. Foi uma fatalidade — contou o taxista.
Apesar de o motorista do táxi ter informado que o sinal do cruzamento estava verde, no momento da perícia, a sinalização estava apagada. O local foi periciado pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), e o caso registrado na 14ª DP (Leblon). De acordo com a delegada Ana Paula Costa Marques, as circunstâncias do acidente só deverão ser esclarecidas após o laudo pericial. O taxista prestou depoimento na delegacia e foi liberado. A polícia deverá solicitar imagens de câmeras de trânsito e de segurança de edifícios da região.
— Será preciso levar em conta a posição do corpo na pista e as frenagens — disse a delegada, observando que o sinal do cruzamento estava desligado e que foram feitas várias alterações na região devido às obras do metro.
De acordo com amigos da vítima, o rapaz tinha saído de uma festa na Mansão Niemeyer, no Leblon. Ele teria ficado pouco tempo no evento e seguia para casa, em Copacabana. Amigos e os pais de Rafael estiveram no local do acidente e se emocionaram ao ver o corpo do rapaz sendo retirado da pista. Apesar de estar usando capacete, ele sofreu várias fraturas pelo corpo.
O corpo de Rafael será enterrado à tarde, no Cemitério São João Batista, em Botafogo.
No fim da madrugada, um homem morreu após ser vítima de um mal súbito quando dirigia seu veículo, na Rua São Francisco Xavier, na altura do Senai, no Maracanã, Zona Norte. O veículo bateu em um poste. Ele morreu no local.



Nenhum comentário: