ORLA


Por causa de motos, bicicletário é inutilizado no Arpoador

  • Placa autoriza vagas para motociclistas, mas eles ocupam todo o espaço do canteiro central
  • Prefeitura vai delimitar espaço para os dois veículos no canteiro

ANA LUCIA VALINHO COM O LEITOR RAFAEL OLIVEIRA DE MACEDO (


Placa autoriza estacionamento e motociclistas param em frente a bicicletário |
Foto: Foto do leitor Rafael de Oliveira Macedo
Placa autoriza estacionamento e motociclistas param em frente a bicicletário | Foto do leitor Rafael de Oliveira Macedo
RIO - O princípio da impenetrabilidade da matéria deixa claro: dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço ao mesmo tempo. Assim, o ciclista que chega ao bicicletário que existe na Avenida Vieira Souto, no Arpoador, próximo à Rua Joaquim Nabuco, tem uma aula prática de física: não consegue guardar sua bicicleta porque já há motos estacionadas bem em frente às barras de inox.
Contudo, o estacionamento é autorizado por uma placa, que informa ser permitido parar motos a 90º, mas não limita a quantidade de vagas. Acaba valendo a lei do mais forte — no caso, as motos.
— Os motociclistas estacionam suas motos sem deixar qualquer possibilidade para os ciclistas amarrarem suas bicicletas nos bicicletários. Desrespeito? Pior é que não! A placa autoriza isso — diz o leitor Rafael Oliveira de Macedo.
O bicicletário pertence a um novo modelo existente na orla das avenidas Vieira Souto e Delfim Moreira, no Leblon. Através do Google Street View, é possível observar que, antes, existiam apenas as vagas para motos, que ocupavam todo o espaço do canteiro central.
— Ficou vago, cada um interpreta a placa da sua maneira. Quem leva a pior são justamente os que se utilizam do meio de transporte ecológico e sustentável. Por isso, os ciclistas não usam mais o bicicletário, que acaba se tornando inútil — conclui Macedo.
Para tentar assegurar o uso correto do mobiliário, a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos vai solicitar à CET-Rio a divisão da área entre motos e bikes. A delimitação do espaço deve ser instalada ainda nesta semana.
Diferente dos outros modelos espalhados pela cidade, o bicicletário do local faz parte de uma doação feita por um banco à prefeitura. Foram 12 unidades instaladas na orla de Ipanema e Leblon, em substituição aos tradicionais bicicletários em concreto e argolas de ferro.



Nenhum comentário: