OS FLANELINHAS MANDAM !


Placa com informações conflitantes prejudica motoristas em Ipanema

  • CET-Rio diz que sinalização foi alvo de vândalos, que retiraram tarja que encobria comunicação errada
  • Horário de utilização das vagas mudou há um mês, quando começaram as obras do Metrô no local
Leonardo Gorges, com a leitora Paula Vieira Petrungaro (Email)
Publicado:
Atualizado:

Acima, sinalização proíbe o estacionamento aos domingos e feriados. Embaixo, no entanto, o uso das vagas é permitido.
Foto: Foto da leitora Paula Vieira Petrungaro / Eu-Repórter
Acima, sinalização proíbe o estacionamento aos domingos e feriados. Embaixo, no entanto, o uso das vagas é permitido. Foto da leitora Paula Vieira Petrungaro / Eu-Repórter
RIO - Em Ipanema, a placa que deveria orientar, na verdade, confunde. As informações conflitantes geraram dúvidas entre os que procuraram vagas na Rua Prudente de Morais neste domingo (13): pode ou não estacionar pelo sistema Rio Rotativo aos domingos e feriados, entre 7h e 19h? Pelo o que está escrito na placa, a resposta é “sim” e “não”, como mostra o registro feito pela leitora Paula Vieira Petrungaro.
“Afinal, como fica o estacionamento aos domingos e aos feriados? Diante da inexatidão da placa, caso tivesse optado por estacionar o carro e fosse surpreendida pela Guarda Municipal, com quem estaria a razão: com o Poder Público ou comigo, cidadã?”, indaga Paula, em relato enviado ao Eu-Repórter.
O estacionamento em áreas públicas municipais abertas é regido pelo sistema Rio Rotativo. A sinalização deve indicar o tempo de permanência, bem como o horário de validade da regulamentação: alta rotatividade, duas horas; média rotatividade, 4 horas; e baixa rotatividade, período único. O objetivo, de acordo com a prefeitura, é forçar o rodízio de veículos nas vagas onde a demanda é maior.
Segundo a CET-Rio, em caso de dúvida, o motorista não deve utilizar as vagas. Além disso, a sinalização de proibição estava em um ponto mais alto da placa, portanto, era a que deveria ser respeitada, diz o órgão. A CET-Rio não disse se multas foram aplicadas no local no domingo.
Ainda de acordo com a companhia, vândalos alteraram a placa, já que uma tarja preta impedia a visualização da informação que autorizava o estacionamento, na parte inferior. A tarja preta teria sido retirada nos últimos dias.
O estacionamento aos domingos e feriados no lado esquerdo da Rua Prudente de Morais foi proibido há cerca de um mês, em razão das obras da Linha 4 do Metrô. Antes disso, a placa garantia o estacionamento, desde que o motorista utilizasse o tíquete do sistema Rio Rotativo no período. Devido à alteração, a CET-Rio colou uma tarja preta no texto que permitia o estacionamento aos domingos e feriados, entre 7h e 19h. Um adendo foi inserido na placa, deixando clara a proibição.
O sistema Rio Rotativo é aplicado na Rua Prudente de Morais somente aos sábados e custa R$ R$ 2 (quatro horas). Perguntada se a retirada da tarja foi realizada por algum guardador de carro autorizado, a companhia não comentou o assunto.
O órgão também informou que vai retirar a placa do local e reinstalar uma nova, à prova de alterações, ainda nesta semana. No último domingo, uma reportagem mostrou que a prefeitura do Rio arrecadou R$ 174,4 milhões ao longo de 2012 com infrações de trânsito. Desse total, apenas 0,3% foi aplicado em ações educativas.

Nenhum comentário: