Documento enviado pelo PSI para as autoridades, incluindo avaliações, fotos e vídeos do carnaval 2019

A coordenação do PSI Ipanema enviou texto para o Presidente da Riotur, Marcelo Alves e para a Promotora da GAESP, Andrea Amim. Confira abaixo a galeria de imagens e o documento encaminhado as autoridades competentes.


...




Rio de Janeiro 11 de março de 2019

Ao Sr. Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro
Marcelo Crivella

Prezado sr. Prefeito,

O Projeto de Segurança de Ipanema, que é um movimento voluntário e apartidário de moradores do bairro, trabalhando na melhoria e preservação de Ipanema, vem há mais de dez anos tentando melhorar o carnaval em seu bairro.

Foram várias representações junto ao Ministério Público do Rio de Janeiro – Promotoria de Ordem Pública, Promotoria de Meio Ambiente, Promotoria de Proteção à Criança e ao Adolescente – por conta da venda proibida e criminosa de bebidas alcoólicas para crianças e adolescentes e, em 2018, à Promotoria de Segurança Pública – GAESP, sem falar das incontáveis denúncias e queixas à Riotur.

Nós sempre nos posicionamos fortemente contra os desfiles de mega blocos em Ipanema. As melhorias tem vindo de forma muito, muito lenta. Em 2019 houve algum avanço, mas longe de transformar esta festa em Ipanema minimamente controlada e segura para a população.

1- Pedimos que os mega blocos que desfilam no bairro sejam transferidos para locais apropriados.

2- A “desculpa” de que seriam blocos tradicionais de moradores do bairro, não se confirma, uma vez que, atualmente o público, estimado, é de 300.000 pessoas em um bairro com 42.000 habitantes! Isto é quase 10 vezes mais o tamanho da população local!!!

3- Infelizmente, estes blocos cresceram muito e deixaram de ser blocos de bairro. Imagine se que os Beatles, por exemplo, resolvessem continuar se apresentando, eternamente, no mesmo barzinho de Liverpool aonde começaram a carreira! Impraticável!

4- A Riotur achou que reduzindo os desfiles da Banda de Ipanema de 6 para 3 resolveria o problema. Não resolveu. Tivemos tiroteios, arrastões, drogas, alcoolismo, sujeira, urina, defecação, aumento absurdo da população de rua, lixo e barulho.

5- Imaginaram também que aumentando o policiamento conseguiriam controlar o problema. Não aconteceu. Apesar do trabalho espetacular da polícia que aumentou muito o contingente do bairro, trazendo, inclusive policiais de outros batalhões, da GM e da Superintendência Municipal da Zona Sul, o resultado ainda foi muito ruim.

6- É claro que, o aumento do policiamento e fiscalização foi muito bem vindo, e evitou o colapso de 2018.

7- A violência saiu da orla e foi para as ruas internas do bairro, notadamente a Barão da Torre nas imediações da saída do metrô.

8- A tentativa de credenciar os camelôs também não funcionou. O que vimos foi uma massa de gente dormindo nas ruas.

9- As caixas de som, proibidas, estava presentes por toda a Vieira Souto.

PONTOS POSITIVOS

1- Finalmente, parece que Riotur e MP/RJ, entenderam que os mega blocos tem de ir para o Centro ou outro local apropriado.

2- As grades de proteção aos canteiros da vegetação original de restinga da orla, assim como todos os canteiros do bairro receberam proteção apropriada.

CONCLUSÃO

1- Não é possível se fazer um omelete sem quebrar os ovos. Do momento em que, oferecemos a concentração de 300.000 pessoas em um bloco, estamos criando o ambiente propício à bandidagem, à violência, à venda de droga e de bebida alcoólica, à sujeira, ao barulho, enfim à desordem urbana incontrolável.

2- Não adianta diminuir o número de desfiles dos mega blocos. Banda de Ipanema e Simpatia è Quase Amor, há muito deixaram de ser pequenas agremiações alegres e festeiras de seus bairros. Tem de ir para locais que suportem o seu enorme público.

3- A experiência nos diz que estamos corretos em nossa avaliação. Em 2019 Copacabana, sem mega blocos, teve um carnaval esplêndido. Na segunda feira, dia 4/03, em Ipanema a situação se repetiu. O bairro ficou cheio, a praia lotada, alguns comerciantes ousaram abrir seus negócios e devem ter faturado bem, mas tudo tranquilo sem tiroteios nem arrastões.

Enfim, a alegria saudável e bem vinda. PS- em anexo seguem vídeos, fotos e depoimentos da população de Ipanema sobre o carnaval 2019

Link para download: https://drive.google.com/open?id=0Bz6HnIBayMEVel9Hd1FXUWVHM2x0OXRhUmU3V09uZjRheFE4

Atenciosamente,

Maria Ignez Barretto – coordenadora do Projeto de Segurança de Ipanema

Nenhum comentário: